Embreagem: cuidados e dicas para o bom funcionamento do kit

Um dos componentes mais importantes do veículo, ela é a peça responsável por transferir a potência do motor para a caixa de câmbio, fazendo com que essa força chegue até as rodas do carro sem um forte impacto.

Por esse motivo, manter a embreagem sempre em ordem é fundamental para a segurança e boa dirigibilidade.

Prolongue a vida do seu kit de embreagem!

Existem muitas práticas ao volante que reduzem consideravelmente a vida útil da embreagem. Veja algumas ações que devem ser evitadas para manter o item sempre em dia e não sofrer danos:

  • Tire o pé do pedal: apertar o pedal da embreagem sem necessidade diminui a vida útil do componente.
  • Não force a embreagem na hora de encarar uma subida: essa é uma das práticas mais comuns entre os motoristas. No momento de sair com o carro de uma rampa ou de uma rua íngreme, utilize sempre o auxílio do freio de mão.
  • Invista no ponto morto: durante os congestionamentos, por exemplo, evite pressionar o pedal da embreagem frequentemente. Nessas horas, uma boa escolha é deixar o carro em ponto morto.
  • Troque as marchas na ordem: o indicado é trabalhar com a troca de marchas sempre na ordem, passando da primeira para a segunda, da segunda para a terceira e assim sucessivamente. Essa troca gradativa fará com que as peças funcionem melhor.
  • Sincronize os seus pés: o motorista que acelera demais sem soltar a embreagem pode causar a queima do componente e aumentar o consumo de combustível, além de reduzir o desempenho do carro.

Problemas e riscos: como identificar e resolver

• Deslizando: um dos problemas mais sérios que podem ser apresentados pela embreagem é quando o componente começa a “deslizar”. Isso pode acontecer por diversos motivos. Um deles é pelo fato de o disco da embreagem não conseguir ser freado pelo platô em razão de algum dano ou mesmo excesso de resíduos, como graxa ou óleo. Nesses casos, deve ser realizada a troca de todo o kit de embreagem.

  • Travando: o motorista pode sofrer muito com uma embreagem que não engata ou que trava sempre. Quando o veículo é exposto a esse tipo de situação, os riscos de acidente passam a ser reais, pois esse funcionamento, muitas vezes, impossibilita o condutor do veículo de realizar algumas manobras. Nem sempre isso significa que o kit completo precisa ser substituído, podendo ser realizada apenas uma regulagem.
  • Ruído: ruídos excessivos na embreagem não são comuns. Muitas vezes, esse barulho é causado pelo desgaste do rolamento e, sem um reparo rápido, corre o risco de prejudicar também a caixa do câmbio, o que representa um prejuízo ainda maior.
  • Pedal rígido: Esse é um dos “sintomas” mais fáceis de ser sentido pelo motorista, porém nem sempre se sabe realmente o que está acontecendo. A rigidez dos pedais ocorre quando existe desgaste e falta de lubrificação no cabo de embreagem. Esse dano pode fazer com que a peça se rompa. Geralmente, quando isso acontece, a substituição do cabo é suficiente.

Para verificar as necessidades de reparo e troca do kit de embreagens, procure uma das 60 oficinas da Eurorepar já em operação. Toda a nossa rede conta com scanner de referência, documentação técnica, catálogo de peças com mais de 23 mil códigos, suporte de site, sistema de gestão da oficina e treinamento técnico. Tudo para atender você com o mais alto nível de excelência e confiabilidade.

 

Encontre a oficina Eurorepar mais próxima de você!