A importância do óleo para o bom desempenho do motor

Aperte o play para ouvir este conteúdo:

Preencha os campos abaixo para ouvir este conteúdo e receber nossas novidades por e-mail:

0:00 /

Quando o assunto é reparação e cuidado com o carro, o óleo do motor é um dos itens que deve ser acompanhado com mais atenção. Isso porque o componente desempenha um importante papel no funcionamento do veículo, protegendo as peças internas do motor.

Os riscos em rodar com o óleo do carro vencido são muito grandes. Ter no veículo uma substância que já deveria ter sido trocada pode fazer com que o conjunto venha a fundir e pare de funcionar, gerando a necessidade de reparos mais caros e complexos.

Quando o óleo passa do seu período útil, o carro começa a dar alguns sinais, como o aumento no consumo de combustível e até mesmo apresentar trepidações ao rodar. Isso acontece, pois o óleo vencido perde as propriedades mais importantes de lubrificação, fazendo aparecer o acúmulo de sujeira no motor.

Por conta disso, é importante que constantemente seja verificado o nível de óleo no motor e que seja respeitada a periodicidade das trocas, que devem ocorrer a cada um ano ou a cada 5.000 ou 10.000 quilômetros rodados.

Diferentes tipos de óleo

Outro aspecto importante é o tipo do óleo utilizado, que pode variar entre:

  • Óleo mineral: mistura óleos básicos minerais, obtidos pelo processo convencional do petróleo, e aditivos. Esse tipo de produto, em geral, tem vida útil reduzida, o que torna o seu valor mais baixo e gera a necessidade de trocas mais frequentes;
  • Óleo sintético: é produzido a partir da mistura de óleos básicos sintéticos e aditivos. Por obter um alto nível de pureza em sua fórmula, proporciona economia de combustível, menor consumo de óleo e maiores intervalos entre as trocas;
  • Óleo semissintético: formulado por meio de uma mistura de óleos básicos minerais e sintéticos, ele apresenta um desempenho superior ao do mineral, porém sem alcançar os níveis do sintético.

Muitos motoristas têm dúvidas quanto à necessidade real da troca completa da substância, chegando a considerar a possibilidade de apenas completar o nível do óleo. Porém, é preciso tomar cuidado com essa prática, uma vez que não é recomendada a mistura de um óleo novo com aquele que já está no motor.

Se o óleo do veículo estiver próximo do nível mínimo, é sempre recomendada a antecipação da troca. Em casos extremos, em que não é possível realizar a substituição, esse complemento deve ser realizado com um produto da mesma marca e tipo de óleo daquele já presente no motor.

Óleo Eurorepar

Troca de óleo somente com profissional de confiança

Na hora de realizar a troca do componente, procure sempre uma oficina de confiança. Um profissional preparado saberá qual o tipo de óleo mais indicado para o seu veículo.

A Eurorepar é uma ótima opção para quem deseja contar com uma entrega de qualidade. Além de oferecer um serviço completo de reparação, que inclui mecânica, elétrica e manutenção, a rede de oficinas conta com uma linha própria de produtos, entre os quais estão cinco tipos diferentes de óleos lubrificantes.

Mantenha-se sempre atento aos prazos, à procedência dos produtos utilizados e às necessidades de seu motor. Assim, você estará sempre seguro e poderá contar com o melhor desempenho de seu automóvel.

 

Encontre a oficina Eurorepar mais próxima de você!